DEPARTAMENTO DE GESTÃO HOSPITALAR SAS/MS
Hospitais Federais no Rio de Janeiro

DGH

O Departamento de Gestão Hospitalar (DGH/SAS/MS) é o órgão responsável por realizar e coordenar a integração assistencial e administrativa dos seis hospitais federais do Ministério da Saúde no estado do Rio de Janeiro (Andaraí, Bonsucesso, Cardoso Fontes, Ipanema, Lagoa e Servidores do Estado). As ações do DGH contribuem para a eficiência dos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado.

Breve histórico

Apesar de terem origens semelhantes, ligados aos Institutos de Aposentadorias e Pensões (IAPs), os hospitais federais do Andaraí, de Bonsucesso, Cardoso Fontes, de Ipanema, da Lagoa e dos Servidores do Estado tiveram trajetórias diferentes. Em 1991, as unidades de Ipanema e dos Servidores do Estado foram estadualizadas, mas, três anos depois, acabaram reintegradas ao Ministério da Saúde.

Em 1995, houve a unificação de todas as unidades do antigo Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (INAMPS) com as instituições do Ministério da Saúde. Com isso, em 1998, foi aprovada a criação da Coordenação-Geral das Unidades Hospitalares Próprias, órgão que ficava na estrutura da Secretaria de Assistência à Saúde (SAS/MS), para coordenar os seis hospitais federais e outras onze instituições. A Coordenação-Geral das Unidades Hospitalares Próprias foi o órgão que precedeu o atual DGH.

No ano 2000, houve a municipalização dos hospitais do Andaraí, Cardoso Fontes, de Ipanema e da Lagoa. Estas unidades permaneceram sob gestão municipal até o governo federal decretar estado de calamidade pública no setor hospitalar do Sistema Único de Saúde (SUS) do Rio de Janeiro, em 2005, quando as unidades voltaram à administração federal.

Ainda em 2005, com o objetivo de desenvolver as atividades administrativas e assistenciais relativas aos seis hospitais federais no Rio de Janeiro, foi criado o Departamento de Gestão Hospitalar (DGH), também subordinado à SAS/MS, que hoje se chama Secretaria de Atenção à Saúde.

O DGH é formado por três coordenações: a Coordenação-Geral de Assistência Hospitalar (CGA), a Coordenação-Geral de Administração (CGAD) e, subordinada a esta última, a Coordenação de Gestão de Pessoas. A direção conta ainda com uma Assessoria-Geral e uma Chefia de Gabinete.

Jair Vinnicius Ramos da Veiga – Diretor do Departamento de Gestão Hospitalar (DGH)

André Tadeu Bernardo de Sá – Coordenação Geral de Administração (CGAD)

Marcus Vinícius Fernandes Dias – Coordenação Geral de Assistência Hospitalar (CGA)

Denise José dos Santos Pereira – Coordenação de Gestão de Pessoas (COGESP)

Cristine Barroso Caldas – Divisão Financeira (DFIN)

Marcos José Rodrigues Santana – Divisão de Licitação (DILIC)

Rosana Ramos de Abreu – Divisão de Apoio Administrativo (DIAD)

João Henrique M. P. Teixeira da Silva – Divisão de Monitoramento