DEPARTAMENTO DE GESTÃO HOSPITALAR SAS/MS
Hospitais Federais no Rio de Janeiro

Ministério da Saúde reabre sua principal emergência no Rio de Janeiro

Texto: Géssica Trindade

Unidade com maior número de atendimentos de emergência na rede do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro, o Hospital Federal do Andaraí (HFA) reabre nesta manhã de segunda-feira (03/07) integralmente o setor. Desde 9 de junho, depois da verificação de fumaça em parte das tomadas da emergência, a direção do hospital determinou por precaução que o atendimento ficasse restrito na unidade. Ou seja, apenas os casos de extrema gravidade passaram a ser recebidos nas enfermarias do HFA. A reabertura ocorre às 10h.

 Dos 39.940 atendimentos de emergência realizados no primeiro quadrimestre do ano na rede de seis hospitais do Ministério da Saúde, o HFA respondeu por 57% do total – o equivalente a 22.860 das emergências, no período. Localizado no bairro do Andaraí, o hospital dispõe hoje da emergência que é referência para toda a população da Grande Tijuca. Nos primeiros quatro meses deste ano, o aumento dos atendimentos de emergência ali foi de 13% em relação a igual período de 2016, em apoio a unidades municipais e estaduais do Rio de Janeiro.

 “Por medida de segurança, tomamos a decisão de reabrir integralmente só depois da visita do Corpo de Bombeiros e do CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia/RJ) à emergência. Estamos completando 62 anos de um hospital que é modelo no atendimento humanizado a toda a população e não poderíamos deixar de nos preocupar com a segurança total do usuário do SUS”, ressalta a diretora do HFA, Maria Lúcia Feitosa. Mesmo com atendimento emergencial restrito, o hospital recebeu nas últimas semanas casos de infarto, traumas e fraturas, mas direto nas respectivas enfermarias médicas, não no setor de emergência.

 O HFA dispõe de 521 médicos e está inserido no plano de reestruturação divulgado na última semana pelo Ministério da Saúde, que prevê o aumento de 20% do atendimento especializado em oncologia, cardiologia e ortopedia, as maiores demandas da rede hospitalar federal atualmente no Rio de Janeiro. No primeiro quadrimestre, o Hospital Federal do Andaraí aumentou em 11% as consultas ambulatoriais (chegando a 22.489) e em 9% as cirurgias de média e alta complexidade (totalizando 1.711), em comparação com o mesmo período do ano passado.

COMENTAR

"Não serão publicados comentários anônimos e que contenham linguagem chula ou ofensas pessoais"




«« Voltar